terça-feira, 7 de setembro de 2010

O Óleo do Gavião...

Compartilhe este post em sua rede social:
E não é que o pessoal do Adventure Beer quase esbarrou no mesmo caminho naquele ‘sabadão’ seco e ensolarado do dia 04 de setembro com destino a nossa querida Serra da Mantiqueira?

Combinamos de nos encontrar às 07 horas e rumamos em direção a estrada de Santo Antonio do Jardim, entrando após alguns quilômetros na estrada de terra à esquerda, sentido a nossa querida Fazenda Cachoeira, um recanto espetacular no pé da serra, com cachoeiras, Igreja, um belíssimo e conservado casarão e muita natureza a sua volta.

Para quem conhece aquele trecho sabe que deste ponto para frente o destino é um só: o céu. Subidas quase intermináveis acabam por testar a energia, paciência e força de vontade de qualquer um que se aventura por lá, seja a pé seja por duas rodas.

E é também na Fazenda Cachoeira que a estrada se divide: do lado direito segue rumo a Fazenda Mamonal, outro ponto turístico da região de grande beleza, com um belíssimo lago, plantações de café e muitas, mas muitas capivaras que nos obrigam a fazer uma parada para observá-las tomando aquele solzinho e fazendo pose para fotos aos visitantes curiosos...

Mas voltando ao ponto, caso opte por ir pelo caminho da própria Fazenda Cachoeira, o aventureiro ultrapassa vales, montanhas bem como paisagens de belíssimos eucaliptos, cachoeiras e pontos para lá de exuberantes. É de lá também que se tem acesso a outras propriedades como a Fazenda São Judas e Fazenda Santa Cecília.

Mas por fim ambos os caminhos, tanto da Fazenda Mamonal quanto da Fazenda Cachoeira, se unem exatamente no Sítio Mamonal e daí em diante parte em uma simples, mas bem cuidada, via principal também de terra com rumo principal ao Pico do Gavião.

Daí a estrada toma outra cara: a vegetação muda conforme a altitude e a temperatura, via de conseqüência, começa a diminuir gradativamente. Os ventos frescos começam a tomar conta dos descampados da serra e as subidas, para lá de acentuadas, são definitivamente compensadas pelas lindas paisagens que somem no infinito do horizonte. Torres de energia elétrica, platôs de pedra, açudes, animais silvestres, pássaros e ar puro são fatores marcantes neste ponto do passeio.

E ao fundo já era possível avistar o maravilhoso Pico do Gavião que, após de cansáveis 21 quilômetros e 2h30 minutos de pedal, enchia nossos corações com mais força e perseverança para enfrentar o último gole, o último e mais íngreme ‘top’, rumo ao cume de 1.623 metros de altura ao nível do mar, e as rampas de decolagem dos pilotos que participaram do Campeonato Internacional 2010.

Foram momentos especiais compensados ora pelas conversas com os amigos, ora pelos momentos de solidão, concentração e pura reflexão. Sofremos com o sol, com a seca, com a água quente de nossas garrafinhas e daquele ar abafado, mas enchíamos nossos pulmões com o sentimento da conquista e da vontade de sermos vitoriosos com nós mesmos, superando as dificuldades pessoais, dentro de limite de cada um, conquistando assim objetivos dotados de compaixão e fé.

Meditamos quando deitamos na grama. Dormimos quando retiramos nossas sapatilhas. Foi difícil não ser absorvido por aquela energia magnífica proporcionada por aquelas árvores.

Vimos aqueles homens pássaros voarem rumo ao céu infinito, levados pelo vento para o desconhecido mundo da grandiosidade. Vimos pessoas curiosas, com olhos e corações escancarados para aquela mistura de sentimentos, de cores, de formas e sons. Todos foram tocados, direta ou indiretamente, por um sentimento grandioso de compaixão e paz, completadas pelo respeito e valor à natureza que nos é apresentada diariamente da forma mais simples possível.

Esperamos que os seres humanos nestas visitas destes pontos turísticos plantem em si para disseminar na sociedade um sentimento de valoração e de compaixão para com o próximo, ensinando de forma natural o respeito com a nossa querida mãe natureza. Que esta semente seja cultivada para a colheita de frutos como a permuta e demonstração de novas culturas e ensinamentos, absorvidos pela prática intensiva da amizade, diálogo e interesses comuns de evolução e paz.

Começamos nossa jornada rumo a São João da Boa Vista por uma via alternativa que ninguém daquele grupo (Jorge, Talles, Danilo, Marquinhos e Eu) conhecia: a descida via Fazenda Mamonal para o Bairro do Óleo já no município de Andradas/MG.

E foi este mesmo caminho de descida da Fazenda Mamonal ao Bairro do Óleo que o pessoal do Adventure Beer (Celsão, Rogerinho, Junior Doni, Dr. João e Cia Ltda) percorreu no período da tarde, pouco depois de nós. Amigos, e que caminho foi aquele! Paisagens, vales, igrejas, casas antigas, árvores maravilhosas, ipês exuberantes, horizontes infinitos... Simplesmente inesquecível!

Compartilho com vocês, caros amigos, estes eternos momentos maravilhosos que tive a oportunidade de vivenciar com os amigos participantes desta aventura, os quais agradeço profundamente, através da captura destas singelas, mas marcantes, fotos que foram capturadas por mim e pelo glorioso Marcos Borato, dando um ar de suspense, de aventura, dinamismo e, até quem sabe, um sabor nas paisagens visitadas!

A Trilha...
Você é daqueles que gosta de gráficos de velocidade e altura? Analise a trilha e veja exatamente por onde percorremos e tiramos cada foto do evento com a opção de download para o seu GPS acessando o link no servidor everytrail clicando aqui!
• Dados da trilha:
- Distância percorrida: 50,60 km
- Velocidade média: 5,70 km/h
- Total subidas: 1.344 metros


As fotos...
01. Veja todas as fotos e descrições no servidor do flickr, em alta resolução clicando em qualquer foto acima deste post.
02. Veja em tela cheia via slideshow e alta resolução clicando aqui.
03. Outra opção é clicar no play abaixo e conferir o slideshow, porém sem as descrições e em resolução reduzida.


04. Vejam as fotos panorâmicas do evento. Clicando nas fotos abaixo será aberta uma nova janela com o tamanho grande da foto. Quando abertas selecione no item "tamanhos disponíveis" da janela do flickr, aguarde o carregamento, clique com o outro botão de seu mouse em cima, da foto esalve no seu computador para melhor visualização.
A Fazenda Cachoeira

O Casarão da Fazenda Cachoeira

360º da estrada rumo ao Sítio Mamonal

A vista das Torres de Energia, chegando ao Pico

O Pico do Gavião e o famoso açude. A chegada!

O camping do Pico do Gavião e o vale de Águas da Prata

O Pico do Gavião no Campeonato Internacional

A vista do Pouso Sul do Pico do Gavião

A estrada para o Bairro do Óleo e Pouso Sul

A vista da casa abandonada na estrada do Bairro do Óleo

A vista do pé da serra da Mantiqueira

5 comentários:

Celsao disse...

Lindas fotos e panoramicas perfeitas... parabens

Alini disse...

Enquanto você não consegue uma coisa vai em frente e não desiste né?! Até que consegue...rs
Parabens! As panoramicas estão belísiimas!
Beijos amor

Tomé disse...

Parabens Udo.. as panoramicas estao maravilhosas.. Pena que está tudo seco e ainda em uma panoramica dá para ver que estão colocando fogo!! Abracos

Udo Matiello disse...

Pessoal! Obrigado pela visitinha no blog e que bom que gostaram do post! Fico muito feliz e isso dá muita motivação para fazer sempre mais e mais! :)

Reginaldo disse...

Parabéns Udo! tanto as fotos quanto o texto, tudo excelente.